- Boletim Ambiental - https://www.boletimambiental.com.br -

Uma fruta campeã em vitamina C

Nas várzeas do rio Amazonas nasce e cresce o camu-camu, (Myrciaria dúbia), uma frutinha azeda que supera o teor de vitamina C do caju em 13 vezes, da acerola em 20 vezes e o do limão em 100 vezes. Contém 5 g de vitamina C em cada 100 g da polpa.

O Camu-Camu é espécie nativa da região Amazônica, com fruto vermelho escuro, quando maduros, muito utilizado para suco, néctar, refrigerante gaseificado, geleia, sorvetes, balas, cosméticos (creme, xampu e condicionador) e farmacêuticos.

No Brasil, é cultivado no Pará, Amapá, Maranhão, Rondônia, Tocantins e vem sendo cultivado no Sudeste, com adaptação de espécies à terra firme. No entanto, o grande produtor é o Peru, que exporta para Europa e Estados Unidos, onde já são fabricados tabletes de vitaminas C, a partir do fruto.

Saiba mais, clique aqui [1]

Link Curto: http://bit.ly/2NdXS4H [2]