Fan Page - Boletim Ambiental
Showcase Page - Boletim Ambiental
Boletim Ambiental

Foto flagra um crime ambiental brutal

Foto: Reprodução do Portal BBC / Brent Stirton-WPY

“Acredito sinceramente que existem coisas que ninguém veria, se eu não as tivesse fotografado.” Essa frase da fotógrafa americana, Diane Arbus, serve para descrever a foto vencedora de concurso do Museu de História Natural de Londres sobre o tema “Vida Selvagem”, que nos dá a dimensão dos crimes ambientais que são alvos os rinocerontes.

Trata-se da fotografia chocante de um rinoceronte morto, que teve seu chifre roubado, de autoria do fotógrafo Breno Stirton, feita na reserva Hluhluwe-Imfolozi, a mais antiga da África do Sul, sendo a única que abriga os “big five” ou seja, os animais de grande porte (leão, leopardo, búfalo, elefante e rinoceronte).

O parque recebe turistas para safáris fotográficos, uma vez que possui a maior população de rinocerontes da África, que não chega a 3 mil animais. No entanto, os caçadores clandestinos continuam agindo e a foto é uma prova disso. Muitos também dopam os animais e retiraram os chifres com serra elétrica, mutilando o rosto do animal.

Para tirar a foto, Stirton acompanhou investigações sobre o comércio ilegal de chifres e unhas dos rinocerontes, altamente valorizado na Ásia e África, por suposto poder de cura para todo tipo de doença e por ser afrodisíaco. Um chifre pode custar no mercado asiático até US$ 250 mil.

Nos últimos 200 anos, a população de rinocerontes na África foi reduzida em 95%. Na década de 1970, mais de 50% foi exterminada.

Link Curto: http://bit.ly/2hq2Wca

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*