Fan Page - Boletim Ambiental
Showcase Page - Boletim Ambiental
Boletim Ambiental

Nova regra para suplementos alimentares

A venda de suplementos para nutrição cosmética e esportiva devem ser liberados pela Anvisa, para serem comercializados como alimentos em 2017. A informação é de Thalita Lima, gerente-geral de alimentos do órgão.

Pela lei atual, considerada restritiva pela própria agência, produtos como cápsulas com substâncias concentradas são enquadrados como remédios e têm que enfrentar um processo longo para serem vendidos no Brasil. O plano é que os suplementos passem a ser considerados alimentos pela Anvisa.

Em 2016, o órgão emitiu 17 resoluções que tiraram de circulação produtos específicos com substâncias proibidas, contra 12 em 2015. em 2016, começou a vigorar um acordo com a Abenutri (de produtoras e distribuidoras estabelecidas) em que a associação notifica lojas que vendem suplementos proibidos pela Anvisa.

Se o comerciante não retirar o produto da prateleira, a Abenutri avisa a agência. Foram 32 casos registrados em 2016. O segmento de nutrição para esportes cresceu 9% em 2016, segundo o Euromonitor (pesquisa de mercado).

Link Curto: http://bit.ly/2j0evpo

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*