Fan Page - Boletim Ambiental
Showcase Page - Boletim Ambiental
Boletim Ambiental

Consórcios Públicos para aterros sanitários

Em São Paulo, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, defendeu a realização de consórcios públicos para a implantação dos aterros sanitários em cerca de 95% municípios brasileiros, que passam por dificuldades técnicas, administrativas e financeiras para manter e operar a adequada destinação dos resíduos.

No ano passado, o Senado Federal aprovou a prorrogação escalonada do prazo para extinção de lixões, prevista inicialmente para agosto de 2014. Pela nova regra, as capitais e municípios de região metropolitana terão até 31 de julho de 2018. Já os municípios de fronteira e os que contam com mais de 100 mil habitantes, com base no Censo de 2010, terão um ano a mais para implementar os aterros sanitários. E as cidades que têm entre 50 e 100 mil habitantes terão prazo até 31 de julho de 2020. Por fim, os municípios com menos de 50 mil habitantes terão até 31 de julho de 2021.

Para muitos ambientalistas, a prorrogação do prazo para o fim dos lixões é um desserviço ao meio ambiente e vai esticar o processo de ajustamento dos municípios à Política Nacional de Resíduos Sólidos, além de evidenciar falta de vontade política de boa parte dos prefeitos.

Link Curto: http://bit.ly/2fKm16O

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*